O que é um plano de teste de usabilidade?

Neste post, falamos um pouco sobre o plano de teste de usabilidade, um importante passo para um teste bem-sucedido.
Imagem com fundo lilás com ícones de prancheta, lupa e mão selecionando botões representando o plano de teste.

O teste de usabilidade é um método de pesquisa qualitativo que traz insights sobre a usabilidade e percepções de informações de um produto digital. Para obter os melhores resultados e evitar imprevistos, é essencial que o teste tenha um planejamento de sua execução.

Nesse post, vamos explicar para você o que é o Plano de Teste de Usabilidade e porque ele é tão importante ao aplicar testes em um produto.

O plano de teste de usabilidade

O plano de teste de usabilidade é um documento que descreve o passo a passo a ser realizado durante todas as etapas de um teste de usabilidade. Ele contém diretrizes e procedimentos de como serão executadas as fases de recrutamento, aplicação e entrega de resultados. 

O conteúdo do plano pode variar de acordo com o tipo de teste e do produto ou seção a ser testado. Por isso, para a sua elaboração, é recomendado um alinhamento prévio com os stakeholders do projeto, que deverão passar todas as informações necessárias do produto a ser testado e o perfil do público-alvo. Por exemplo: um teste de usabilidade com 5 participantes para um protótipo de aplicativo que está em fase inicial terá um plano de teste mais simples do que um teste moderado com 20 pessoas usuárias de uma plataforma já estabelecida no mercado.

Dependendo do contexto da empresa, o plano de teste pode ser um documento formal ou uma apresentação em slides, caso seja necessário mostrar as informações para um cliente ou stakeholders do projeto. O importante é que ele tenha informações claras e compreensíveis para qualquer pessoa, sendo ela designer ou não.

Por que o plano de teste é importante?

O plano de teste é uma etapa de extrema importância em testes de usabilidade. 

Por ter a função de padronizar o processo de realização do teste de para todos os pesquisadores, ele garante que os insights obtidos e a amostragem de resultados seja satisfatória, independente da equipe que está aplicando, do contexto do cliente e do perfil dos participantes. Sendo assim, ele garante que todas as entregas mantenham o mesmo padrão de qualidade.

Além disso, o plano de teste é um facilitador da comunicação entre todos que participam do projeto, já que todas as informações estão centralizadas em um único documento. Isso faz com que todos os envolvidos estejam na mesma página quanto ao como vai ser o teste e a etapa que está sendo realizada.

Aprenda mais sobre Teste de Usabilidade

Leia mais artigos sobre teste de usabilidade na Tuia:

Como é a cultura de pesquisa dentro da Tuia

ResearchOps: como estamos criando a cultura de pesquisa em nossos clientes

Pesquisa qualitativa: o que é, quando e como aplicar, dicas e exemplos

A estrutura de um plano de teste

O plano de teste pode ter diferentes formatos e categorias, que variam dependendo da situação. Contudo, certos assuntos devem ser abordados, principalmente para que o plano de teste atinja o seu objetivo.
Na Tuia, destacamos as seguintes informações:

  • Propósito Geral: explicamos o objetivo da aplicação do teste de usabilidade e como faremos a mensuração. Em resumo, explicamos para que serve o teste e o que avaliamos;
  • Objetivo da Pesquisa: traz o motivo do teste de usabilidade, levando em consideração a necessidade específica do cliente. Pode ser feito em formas de tópicos ou perguntas;
  • Forma de aplicação: define a modalidade de teste de usabilidade e qual será o método avaliativo utilizado, tanto para a aplicação quanto para a análise dos resultados. Se o teste será remoto e moderado por um pesquisador, também explicamos o dispositivo utilizado e o papel do facilitador;
  • Perfil dos participantes: descreve as características que os participantes precisam ter para a execução do teste. Podemos usar dados como faixa etária, gênero, profissão, região onde reside ou dados específicos da área de atuação do cliente. Por exemplo: uma empresa que está lançando um e-commerce de produtos naturais pode querer realizar testes de usabilidade com pessoas veganas e vegetarianas;
  • Tarefas: descreve as tarefas que os participantes vão realizar durante o teste de usabilidade, ou seja, as ações que eles executam dentro do produto a ser testado. É nesse tópico que podemos prever algumas perguntas após cada tarefa, a fim de entender melhor a percepção do usuário;
  • Entrevista em Profundidade: no final do teste de usabilidade, podemos realizar um breve questionário para entender melhor a visão do participante em relação à empresa e seu negócio. Caso tenha, utilizamos esse tópico para descrever cada pergunta;
  • Período de aplicação: estima uma data de início e conclusão para a aplicação do teste de usabilidade, levando em consideração a etapa de recrutamento e elaboração do relatório de resultados. 

 

Vale ressaltar que esses tópicos podem ser modificados e novos podem ser incluídos caso haja necessidade, mas tendo sempre em mente que as informações citadas precisam estar disponíveis no plano de teste. É extremamente importante planejar o ambiente de teste, o recrutamento, as tarefas e o método de aplicação para que o teste de usabilidade seja efetivo.

Se você se interessou pela nossa estratégia de planejamento de testes de usabilidade e quer contratar esse serviço, entre em contato e agende uma conversa conosco.

Nos acompanhe também pelo nosso LinkedIn e pelo Instagram.

Serviços relacionados

Conheça alguns dos nossos serviços relacionados

Contato

Quer melhorar seu produto ou serviço? Entre em contato e agende uma conversa com a gente.

Você também pode entrar em contato por e-mail ola@tuia.me ou pelo whatsapp (11) 94011-5017.